Em caso de imóvel comercial, quando o valor do aluguel ultrapassar o limite de isenção de imposto retido na fonte, o boleto automaticamente indicará o valor do I.R.R.F. que deverá ser quitado pela empresa locatária através de DARF e o valor retido do aluguel deverá ser informado anualmente à Receita Federal através da DIRF. No mesmo momento, o inquilino deve remeter à imobiliária o comprovante de pagamento.

LEMBRE-SE, o não pagamento do imposto retido na fonte constitui apropriação indébita de erário público, sujeitando-se o locatário às penalidades cabíveis e à representação fiscal para fins penais por crime tributário.